Mixvlogger
Welcome
Login / Register

432 Activists - 7 - GianMarco Sanna e Projeto Geminiani

Loading...

Thanks! Share it with your friends!

URL

You disliked this video. Thanks for the feedback!

Sorry, only registred users can create playlists.
URL


Added by Admin in $ Creative Commons
13 Views

Description

Em 1955 a Organização Internacional de Padronização (ISO) adotou o A4 = 440 Hz. Desde então esta frequência é usada como referência para todos os instrumentos musicais, equipamentos acústicos e sinais sonoros. Uma comunidade crescente de músicos, cientistas e terapeutas defende um novo padrão afinado em A4 = 432 Hz. Este documentário reúne alguns dos principais ativistas do 432 Hz no mundo.

Leia alguns trechos deste capítulo:

"- O violino gritava no meu ouvido e eu não entendia porque. Então eu decidi fazer outro diploma, em viola. E a viola também gritava... Não era o violino e não era a viola. Era a frequência." - GianMarco Sanna

"- Este é um novo momento. Um momento de despertar. As pessoas estão acordando. Vinte anos atrás quando o instituto Schiller começou eu fiquei chocado com os grandes nomes. Hoje, se você for no YouTube ou no Facebook, tem gente da Rússia, eu tenho um colega na Bulgária, no Brasil... A Itália está cheia de pessoas loucas pelo 432. Isto está se espalhando muito rápido." - GianMarco Sanna


_____________________________________



Este vídeo é parte do documentário 432 Activists.
Dirigido, produzido e editado por Toni Mazzotti.

Esta obra é autoral e está protegida sob as constituições, leis e convenções internacionais aplicáveis à matéria. As citações de passagens de obras existentes não possuem fins comerciais ou intuito de lucro. São necessárias para fins de estudo, crítica ou polêmica do argumento abordado, na medida justificada para o fim a atingir em matéria didática (direitos humanos e fundamentais à informação, cultura e liberdade de expressão), indicando-se o nome do autor e a origem da obra, na forma prevista pela normativa incidente na data da sua publicação. A sua reprodução em si não consiste no objetivo principal desta obra e não prejudica a exploração normal da obra reproduzida nem causa um prejuízo injustificado aos legítimos interesses dos respectivos autores.

Post your comment

Comments

Be the first to comment
RSS